História

A comunidade LGBTI continua a enfrentar exclusão e formas de violência na região. A participação da comunidade LGBTI em processos democráticos é muito limitada e falta um planejamento estratégico.

Nossa organização acredita que a presença de pessoas LGBTI em instituições estatais altera a perspectiva dos legisladores, educa o público, facilita a criação de alianças com instituições estatais e permite aprovar medidas para conquistar igualdade.

Esta é a quarta edição do evento que foi previamente celebrado em Lima, no Peru, em 2014; em Tegucigalpa, em Honduras, em 2015; e em Santo Domingo, na República Dominicana, em 2017. Mais de 350 líderes LGBTI de todas as partes do continente, incluindo 40 membros ocupantes de cargos eletivos e de governo, procedentes de mais de 30 países, participaram do evento em 2017.

Oradores de destaque do evento incluíram Janet Camilo, ministra da Mulher da República Dominicana; Carmen Muñoz, ex-vice-ministra de Governo e Polícia da CostaRica; Sandra Morán, deputada federal da Guatemala; e Diane Rodriguez, membro da Assembleia Nacional do Equador. Confira os nossos vídeos dos encontros anteriores: Lima (2014) e Tegucigalpa (2015).

Ver encuentros anteriores


Ver galeria

¡Escreva-nos!

Você tem alguma dúvida ou preocupação?

Não hesite em nos escrever, vamos responder o mais breve possível